Marketing digital para pequenas empresas: dicas para decolar

Publicado em 29/10/2019 por Laíze Damasceno

marketing digital para pequenas empresas

Como fazer marketing na internet? Em quais canais investir primeiro? Que tipo de ação minha empresa deve realizar? Calma, não se preocupe! Dúvidas deste tipo são comuns para quem quer dar os primeiros passos no marketing digital e, assim, escalar os resultados do negócio.

Neste artigo, vou falar exatamente sobre o que é importante entender e praticar desde o início. Portanto, já emito um alerta: os primeiros passos no marketing digital para pequenas empresas nada têm a ver com aquela velha história de criar um plano gigante e cheio de complexidades. No mundo online, as coisas mudam muito rapidamente e, por isso, você precisa simplificar os processos para conseguir acompanhar as novidades.

Organizar para profissionalizar

Outro alerta é que isso tem mais a ver com profissionalizar alguns elementos do que começar investindo alto em um monte de equipamentos. Ou seja, primeiro você deve organizar a “casa”, que são os pontos de contato da sua empresa com o público no ambiente digital. Com tudo em ordem, aí sim você convida as pessoas para entrarem e conhecerem as soluções do seu negócio.

Mitos do marketing digital

Muitos empresários deixam de expandir a visibilidade de suas marcas e ter resultados incríveis simplesmente por falta de conhecimento e também por acreditarem em mitos. Aqui é o lugar para você se informar e conhecer as melhores ferramentas e, assim, dar os primeiros passos no marketing digital. E o ponto de partida é justamente conhecer os mitos que giram em torno desse assunto e, claro, fugir deles.

Mito 1: Marketing digital é caro e muito difícil

Nada disso! Existem muitas estratégias que são simples de implementar e acessíveis. É claro que tudo dá trabalho e exige investimento ao longo do tempo. Aos poucos você pode ir ampliando, mas é possível começar com estratégias mais enxutas. O marketing de conteúdo é uma delas. Ele é essencial e, por isso, deve ser um dos primeiros passos no marketing digital para a sua empresa. Aqui, é mais criatividade e dedicação com foco nas necessidades do seu público.

Para combater esse mito, a recomendação é que, em primeiro lugar, você tenha em mente que a sua empresa não precisa começar investindo em tudo relacionado ao marketing digital. Comece pelo essencial e pelo que facilitará a sua rotina. Conteúdo é o indispensável.

Mito 2: Ter um site já é o suficiente

Mentira de quem te falar isso! Imagine ter uma loja, sem placa na porta, dentro de um grande prédio comercial cheio de outras lojas. Pois, então, ter um site lindo e funcional e deixá-lo às moscas é como ter uma loja incrível e ninguém saber de sua existência.

Para sair da invisibilidade, um site precisa ser vivo. Portanto, é indispensável ter um blog com conteúdos semanais e integrá-lo com as mídias sociais, que devem ser ativas e atrativas, promovendo conversas interessantes com o público. Sendo assim, você convida as pessoas para conferirem o conteúdo do blog (que naturalmente está interligado com seu site, que por sua vez deve apresentar as suas soluções comerciais).

Colocar um site no ar já não é um diferencial há muito tempo. Site, blogs e mídias sociais precisam estar em sintonia e você tem que marcar presença de maneira integrada em todos eles. Quanto mais vida digital a sua empresa tiver, maiores são as suas chances de atrair os melhores clientes.

Mito 3: Na internet vende rápido

Epa, para tudo! Não é bem assim. De fato, a internet trouxe muita agilidade, inclusive para as vendas. Porém, as coisas não acontecem da noite para o dia. E o mais importante: o teor do conteúdo e das suas ações nas mídias sociais não pode mirar diretamente a venda. O que quero dizer é que as chamadas de vendas não devem “poluir” seus conteúdos de marketing.

Sua presença digital tem a função de construir um relacionamento forte com o seu público, estreitar a relação com clientes e assim gerar autoridade e confiança. Consequentemente, acontecem as vendas!

Sim, você vai falar dos seus produtos e serviços, mas de maneira sutil e amigável. A produção de conteúdo deve estar alinhada às estratégias de vendas, mas nem por isso sua empresa deve se tornar um panfleto digital ambulante. Comece criando conteúdos com dicas e orientações em formato de artigo (como esse que você lê), vídeos, tutoriais, entre outros materiais educativos. 

O importante é que seu público consiga ser ajudado gratuitamente. Dessa forma ele pensa: “hum, se esse material gratuito já me ajudou, vou ganhar muito mais quando contratar essa empresa”. Essa é a lógica do marketing de conteúdo digital.

Mito 4: Tem que postar muita coisa

De nada adianta ter um alto volume de conteúdo, mas sem qualidade. Se você tiver capacidade operacional de produzir muitos materiais de marketing desde o início, ótimo, mas tem que ter riqueza de informação. Caso contrário, eu sugiro produzir menos quantidade e elevar ao máximo a qualidade. Inclusive, isso vale para tudo, não só para os seus primeiros passos no marketing digital. 

Para melhorar constantemente, tenha planejamento, execução e análise como parte da sua rotina de trabalho. A análise, por exemplo, é fundamental para você avaliar o retorno das suas ações e poder seguir em frente com o que está dando certo ou alterar elementos da sua estratégia digital. Executando e medindo, executando e medindo: é assim que você preserva a qualidade do seu marketing.

Existem muitos outros mitos sobre marketing digital, mas acredito que esses já te ajudarão a iniciar sua imersão online com o pé direito. 

Canais, ferramentas e orientações para os seus primeiros passos no marketing digital

  • Tenha um e-mail profissional, com domínio igual ao do seu site, nome da empresa e dos canais digitais. Exemplo correto: [email protected] Exemplo do que não fazer: [email protected]
  • Tenha uma assinatura profissional de e-mail com seu nome e sobrenome, seu cargo na empresa, nome da empresa, telefone com DDD, endereço com cidade e Estado, links de acesso para site, blog e perfis de redes sociais.  
  • Esteja verdadeiramente presente! Crie e utilize as mídias e perfis nos principais canais, como, por exemplo, Google Meu Negócio, Facebook, Linkedin, Instagram, entre outros. Todas essas plataformas são gratuitas e são fundamentais para gerar visibilidade para sua empresa e criar laços de relacionamento com as pessoas. Para gerenciá-los com praticidade e ganhar tempo, você deve usar ferramentas de gestão de redes sociais, que servem para monitorar, publicar e atualizar o conteúdo.
  • Tenha um site e um blog e os mantenha atualizados. Diferentemente das mídias sociais, que são espaços “alugados”, site e blog são a sua “casa própria” no território digital. Cuide bem do seu cantinho online e receba seus visitantes com profissionalismo e gentileza. Você pode construir com o WordPress, o software mais popular do mundo neste segmento e, para ficar ainda melhor, gratuito. Mas vale dar uma olhada em outros sistemas de gestão de conteúdo (CMS) e ficar por dentro desse universo.
  • Turbine seu website aplicando SEO (Search Engine Optimization ou otimização para mecanismos de busca). São técnicas para otimizar páginas na web com o objetivo de alcançar um bom posicionamento orgânico (ou seja, sem investir em anúncios pagos) no ranking das buscas no Google, por exemplo. Dessa forma, você gera mais visitas para o seu site. Existem excelentes ferramentas de SEO que vão te ajudar a fazer isso da maneira correta.
  • Invista sempre em marketing de conteúdo. Ele será o responsável por aproximar sua empresa do público e conquistar reconhecimento. Crie publicações para os canais digitais, respeitando as regras e características de cada um e levando em consideração o comportamento dos usuários em cada tipo de mídia social. Por exemplo, no Instagram, as pessoas são mais atraídas por imagens e fotos, já no Linkedin por publicações em formato de textos e artigos aprofundados. 
  • Analise! Mensurar as suas ações de marketing digital é indispensável para atender as necessidades do público e otimizar tempo e dinheiro. Sua empresa precisa entender constantemente o perfil dos visitantes que estão acessando os seus canais digitais. Utilize ferramentas de análises online para conhecer ao máximo o comportamento das pessoas que estão sendo atraídas pelas suas ações. Assim, você consegue, por exemplo, criar melhores conteúdos, focar no que está dando certo e consertar o que está dando errado.

Com a ajuda desses sistemas é possível profissionalizar o processo de criação, publicação e ter acesso ao cálculo do famoso ROI (Retorno sobre Investimento) das suas campanhas de marketing digital. Muitos deles oferecem edições colaborativas, programação para automatizar as publicações, análises robustas e integrações com diversas outras plataformas.

Recursos não faltam, inclusive gratuitos! Combine sua força de vontade com os recursos e ferramentas necessárias para o momento da sua empresa, coloque a “mão na massa” e se prepare para colher os resultados desde os primeiros passos no marketing digital. Comece já e muito sucesso nessa jornada! 


foto laíze damasceno marketing de gentileza Laíze Damasceno é especialista em marketing de conteúdo digital, escritora e criadora do Marketing de Gentileza. Ajuda empresas e marcas a conquistarem o reconhecimento e a confiança do público por meio de estratégias de conteúdo digital humanizado e com marketing não-violento. Eleita LinkedIn Top Voices Brasil, reconhecida pelo próprio LinkedIn como uma das brasileiras que mais se destacaram e com engajamento de impacto positivo nessa mídia social por causa do conteúdo inspirador.