Preocupado com a COVID-19? Visite nossa página de recursos para saber como ajudar sua equipe a permanecer produtiva enquanto trabalha remotamente.

7 softwares de PDV gratuitos para pequenos negócios

Publicado em 01/07/2019 por Lucca Rossi

*Este artigo foi atualizado em 08/04/2020

Software pdv gratuito

Mesmo que para pesquisadores do MIT a escolha da fila do caixa mais rápida seja uma questão puramente matemática, na hora de pagar sempre temos a impressão de que caíamos na mais demorada.

Longas filas podem ser o preço do sucesso de um negócio, mas a verdade é que ninguém gosta de carregar a fama de fazer os clientes esperarem. 

Muitas vezes o problema é fruto da maneira como os empreendedores gerenciam seu frente de caixa. 

Também conhecido como PDV (ponto de venda) em muitas partes do Brasil, o frente de caixa não é nem mais nem menos do que o lugar onde se finalizam as compras: o que chamamos simplesmente de caixa em um supermercado ou em uma loja.

Além de adicionar agilidade na hora do pagamento e evitar filas e clientes descontentes, um bom software para gerenciar o caixa permite às empresas, principalmente as pequenas, controlar melhor o estoque e as vendas, emitir notas e registar clientes.     

Frente de caixa grátis

Se o investimento é um obstáculo, um PDV gratuito pode ser a solução. O único gasto será com o dispositivo usado para administrar as compras, seja um tablet, um computador ou o próprio celular. 

Selecionamos abaixo (em ordem alfabética) cinco opções disponíveis no mercado brasileiro que dão conta das funções mencionadas acima e de muitas outras, com as principais informações dos produtos e seus prós e contras. 

Programas que contavam somente com um período de teste gratuito não foram considerados.

1. Cake ERP

captura de tela do cake erp
Captura de tela do Cake ERP (Fonte)

O Cake ERP é um sistema de gestão empresarial (ERP na sigla em inglês) online completo com um PDV integrado.  

A opção de ponto de venda emite documentos fiscais, tanto a NFC-e (Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica) como o CF-e (Cupom Fiscal Eletrônico), para o Estado de São Paulo, mas não funciona onde a homologação PAF-ECF seja necessária. O software também pode ser conectado com soluções TEF (Transferência Eletrônica de Fundos), que permitem que a máquina de cartão se integre diretamente ao PDV. 

O programa, que também funciona offline, permite cadastrar clientes, consultar produtos em estoque e integrar produtos, clientes e vendas com uma loja virtual. 

Baseado na web, roda em qualquer plataforma e é 100% responsivo, adaptando-se ao tamanho de tela para qualquer dispositivo. 

Ideal para: A versão gratuita pode ser interessante para quem deseja testar as funcionalidades básicas do ERP (como geração de relatórios e gráficos e gestão financeira e de vendas) e avaliar se vale a pena investir no produto, já que a opção com o sistema de PDV integrado não é barata.

Valor do upgrade: O Cake ERP é grátis para um usuário, mas o módulo PDV está disponível somente na versão paga do software com todas as funcionalidades e para um número ilimitado de usuários (por R$ 259,90/mês).

2. Fox Manager

tela fox manager
Tela do Fox Manager, gratuito para até dois usuários e com opções de upgrade (Fonte)

O Fox Manager é um ERP completo totalmente gratuito para dois usuários. Além do PDV, o programa conta com recursos para as áreas financeira, de contabilidade, estoque, faturamento, serviços, compra e faturamento. 

Na área fiscal, a versão grátis do programa permite a emissão de até 20 boletos e 20 notas fiscais de serviço para algumas cidades homologadas e 20 do tipo NFe, NFCe e CTe (para transportistas). O suporte da opção gratuita oferece apenas acesso a uma central de ajuda (para poder conversar com atendentes via chat, é preciso pagar). 

Ideal para: Pequenos empresários que emitem um número reduzido de notas ao mês e não necessitam de uma atendimento personalizado de help desk. 

Valor do upgrade: O plano para cinco usuários sai por R$ 149,90/mês e para 20, R$ 499,90/mês. Para mais de 20 usuários, deve-se consultar a empresa.

3. Loyverse

loyverse tela
Tela do Loyverse, sistema de loja completo, mas que não emite notas fiscais (Fonte)

O Loyverse é um sistema para lojas com diversas funções. A versão em português funciona em iPhone, iPad, smartphones Android e tablets, permite gestionar descontos e reembolsos e escanear códigos de barras com a câmera dos dispositivos móveis, além de oferecer a opção de gerenciar várias lojas em uma conta.

O programa permite a gestão de inventário, funcionários e oferece análises de vendas e programas de fidelidade. Por fim, conta com recursos para bares e restaurantes e um sistema de atendimento ao cliente via chat 24h. 

Apesar de suportar vários métodos de pagamento, o pagamento com cartão de crédito só funciona para sistemas iOS no Brasil.

O sistema gera cupons fiscais impressos e eletrônicos, mas não oferece a opção de emissão de nota fiscal. 

Ideal para: Quem busca um programa completo, com central de ajuda e atendimento via chat, mas que não necessita uma ferramenta que emita notas.

Valor do upgrade: Praticamente todas as funcionalidades do Loyverse são grátis. Somente a gestão de funcionários (cerca de R$ 30/mês e R$ 285 com pagamento anual) e a gestão de inventário avançada (cerca de R$ 140 e R$ 1425 com pagamento anual) são cobradas. Para a última, a empresa oferece promoções para negócios com mais de três lojas, sob consulta. 

Leia avaliações do Loyverse

4. MarketUP

captura de tela do marketup
MarketUP, totalmente grátis, pode ser usado por diferentes tipos de negócios (Fonte)

O MarketUP é um ERP totalmente gratuito que também disponibiliza uma solução de frente de caixa que funciona tanto online como offline, sem limite de usuários/dispositivos e com todas as principais funcionalidades de um software do tipo, como integração com estoque e emissão de notas fiscais. Pode ser utilizado em qualquer tipo de dispositivo.   

Além da NFC-e e da CF-e, o programa também emite a NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica). 

O programa dispõe de recursos específicos para diferentes tipos de pequenos negócios, de salões de beleza a restaurantes, passando por lojas de construção, pet shops e prestadores de serviço em geral. 

Outro destaque é o atendimento ao cliente: além dos canais habituais (email, telefone e chat), é possível contatar a empresa por WhatsApp.

Ideal para: O MarketUP é umas das poucas opções de frente de caixa 100% gratuitas no mercado, mas pode ser uma boa oportunidade para as pequenas empresas que buscam apenas um programa PDV testarem algumas das outras funcionalidades que um ERP completo oferece. 

Valor do upgrade: Totalmente grátis.

5. Programa NEX

captura de tela do programa nex
Recursos avançados do Programa NEX têm preço acessível (Fonte)

O Programa NEX é um sistema de gestão comercial com uma versão grátis que inclui recursos de controle de vendas e estoque e cadastro de produtos, clientes e fornecedores. 

A Nextar, desenvolvedora do aplicativo, também oferece o Kyte, um sistema PDV não fiscal exclusivo para celular (iOS/Android) e que pode ser uma boa opção para microempreendedores individuais. Além das funções básicas, a opção grátis do programa gera recibos digitais, conta com um leitor de código de barras e permite aos usuários a criação de catálogos para vendas online. A versão paga sai por R$ 19,90/mês.

Ideal para: Assim com o Cake ERP, para aproveitar todas as funcionalidades do módulo PDV do NEX (como emitir notas fiscais ou utilizar o programa em mais de um terminal), é preciso migrar para uma das soluções pagas. Por isso, o programa pode ser uma boa oportunidade para quem queira se aventurar no teste de soluções mais robustas. 

Valor do upgrade: Os preços variam de R$ 39 e R$ 99 por mês, com descontos para planos semestrais e anuais.

6. Sige Lite

captura de tela do sige lite
Sige Lite tem limitações, mas oferece plano pago por preço reduzido (Fonte)

Ao lado do MarketUP, o Sige Lite é outra opção de PDV gratuito da lista que oferece todas as suas funções sem custo. Trata-se de um ERP que roda em Windows, Mac e Linux (o programa precisa ser instalado) e que conta com um frente de caixa grátis que emite notas e cupons fiscais (NFC-e CF-e) e também funciona offline. O versão grátis não pode ser utilizada em dispositivos móveis.

Um dos destaques do Sige Lite é o seu canal no Youtube, que além de tutoriais sobre as principais funcionalidades do produto funciona como um bom serviço de atendimento ao cliente (a maioria das perguntas na seção de comentários é respondida no mesmo dia pela empresa). 

Ideal para: O Lite do nome se deve ao seu irmão mais velho, o Sige Cloud, um sistema ERP na nuvem pago. Esta é uma das grandes vantagens do produto, principalmente para os microempreendedores que testam pela primeira vez uma solução do tipo: contar com um sistema PDV completo grátis e ao mesmo tempo beneficiar-se da experiência de uma empresa que oferece soluções mais robustas.

Valor do upgrade: R$ 19,90/mês,  incluindo versão mobile e sincronização na nuvem.

7. SmartPos

captura de tela do smartPOS
O Smart POS básico não oferece módulo fiscal e não permite controle de estoque (Fonte)

A versão grátis do programa conta apenas com funções básicas (de cadastro de produtos e registro de vendas), mas não oferece o módulo fiscal e não permite controle de estoque nem recebimento de pagamento com cartões de crédito, por exemplo.

O SmartPos possui uma versão web, pode ser baixado no Windows e também conta com uma aplicativo para Android. Na opção grátis não é possível integrar as versões PC e smartphone, nem emitir documentos fiscais. Como o Cake, o SmartPOS pode ser conectado com soluções TEF. 

Ideal para: O SmartPos é outra das opções gratuitas para quem não necessita todas as funcionalidades de um PDV ou busca testar mais a fundo um produto antes de migrar para sua opção completa, mas paga. 

Valor do upgrade: O preço para migrar para o plano premium, com todas as funcionalidades, incluindo as fiscais, não é tão alto como o de outras opções (R$ 79,50/mês).  

tabela pdv gratuito

Quer conferir mais opções de softwares de PDV gratuitos para o seu negócio? Veja a nossa lista completa e deixe um comentário abaixo se você conhece outras soluções

Esse artigo pode se referir a produtos, programas ou serviços ainda não disponíveis em seu país, ou pode ter restrições legais ou regulatórias. Sugerimos que você consulte o provedor de software diretamente para informações sobre disponibilidade do produto ou conformidade com as leis locais.