15 anos ajudando empresas brasileiras
a escolherem o melhor software

Gestão de riscos de fornecedores (VRM na sigla em inglês)

Os fornecedores são uma parte fundamental das operações empresariais do cotidiano, mas podem apresentar problemas quando se trata de questões de TI e leis ou regulamentos do setor. Ao buscar novos fornecedores, as empresas precisam avaliar os riscos associados a cada um deles para mitigar possíveis impactos negativos em seus negócios. Para fazer isso com sucesso, são usadas estratégias de gestão de riscos de fornecedores (VRM na sigla em inglês). A VRM é um processo criterioso, mas consiste basicamente em investigar as medidas de segurança cibernética do fornecedor, garantir que ele possa se manter em conformidade com as necessidades do setor, por exemplo, a Lei da Portabilidade e Responsabilidade do Seguro de Saúde (HIPAA na sigla em inglês) para empresas de assistência médica e avaliar suas políticas de notificação de violação de dados.

O que as pequenas e médias empresas precisam saber sobre Gestão de riscos de fornecedores (VRM na sigla em inglês)

A VRM pode ser uma ferramenta valiosa para todas as pequenas e médias empresas, mas é crucial para aquelas que precisam se manter em conformidade com leis de confidencialidade como a HIPAA. Aquelas que não têm recursos para conduzir uma VRM internamente podem terceirizar o processo para garantir parcerias com fornecedores que apresentem o menor nível de risco.

Termos relacionados