Inteligência artificial nas empresas: saiba como aplicá-la no seu negócio

Publicado em 24/07/2019 por Lucca Rossi

inteligencia artificial nas empresas

Poucos devem ser os que ainda não cruzaram com a seguinte sigla em suas buscas pela internet: IA, a abreviação para inteligência artificial, está por todos os lados, e o mundo dos negócios não é exceção: a inteligência artificial nas empresas também já é uma realidade..

Segundo pesquisa global da empresa de consultoria Gartner (estudo completo em inglês disponível para assinantes), 50% das empresas planejam investir nesta área até 2020. 

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial é uma tecnologia que aplica análises avançadas e técnicas baseadas na lógica para interpretar eventos e auxiliar e automatizar decisões, imitando o comportamento humano.

O uso da IA permite, por exemplo, que empresas nos ofereçam publicidades direcionadas com produtos super específicos que estejamos buscando. Essa tecnologia também pode proporcionar no futuro o acesso a carros autônomos ou ainda ajudar na cura de doenças graves como o câncer.

À primeira vista, portanto, utilizar a inteligência artificial nas empresas pode parecer algo distante. Mas a realidade é outra. 

“A inteligência artificial é confusa por natureza por causa da sua conexão com a ficção científica presente nos meios de comunicação e porque as pessoas tendem a dotá-la de poderes mentais que não possui”, destaca Whit Andrews, especialista em inteligência artificial da Gartner.

Segundo Andrews, o segredo para desmistificá-la é entender como selecionar e aplicar tecnologias que utilizam a IA e que gerem valor para os negócios, como os robôs de atendimento online e técnicas avançadas de análise que potencializem o trabalho nas empresas. 

Analisaremos essas questões abaixo.

Exemplos de inteligência artificial nas empresas

1. CRM

Um dos campos de grande impacto da inteligência artificial nos negócios recentemente é a gestão de relacionamento com o cliente (CRM na sigla em inglês). 

Com essa tecnologia, softwares podem prever padrões de comportamento ao analisar o “rastro” deixado por consumidores no mundo digital. Ao ajudar a entender os consumidores nos mínimos detalhes, a IA permite que as empresas desenvolvam melhores estratégias de venda e repensem a maneira como se comunicam com potenciais clientes. Entre as áreas beneficiadas pelo uso da AI citadas por 100 empresas ouvidas pela Gartner (conteúdo em inglês) está justamente a de vendas. 

Ao identificar padrões através da análise de dados é possível ganhar eficiência, contatando os consumidores mais propensos a comprar determinados produtos e no momento mais adequado. Os principais softwares CRM oferecem este tipo de funcionalidade.

Além disso, internamente, a automação pode ajudar vendedores em trabalhos repetitivos e na otimização de processos.

2. Chatbots

chatbot entre os exemplos de inteligencia artificial nas empresas

O uso de chatbots, os canais automatizados de atendimento, no suporte ao cliente ganha cada vez mais popularidade. É outra das áreas que se beneficia da inteligência artificial, que aprimora essas ferramentas a fim de tornar a assistência virtual o mais natural e eficiente possível. 

De acordo com uma pesquisa recente feita pela empresa especializada Aivo com empresas de e-commerce nas Américas, 65% das consultas de clientes feitas nos últimos seis meses foram respondidas de forma eficaz por chatbots. O levantamento indica que o foco ao usá-los é otimizar e aprimorar o atendimento ao cliente, permitindo ainda uma redução de custos e um potencial aumento de vendas. Facebook e Whatsapp são canais onde o seu uso é bastante comum. 

Uma curiosidade: especificamente no Brasil, a segunda-feira é o dia em que tradicionalmente os consumidores solicitam mais a ajuda dessa ferramenta.

3. Marketing Digital

Quem trabalha com marketing sabe da importância de entender a fundo a audiência para a qual se está escrevendo ou criando. 

 A inteligência artificial pode ajudar no desenvolvimento de campanhas desenhadas para um determinado tipo de consumidor com base no seu comportamento online e que busquem aproveitar ao máximo o orçamento disponível. Ferramentas de automação de marketing usam essa tecnologia para a otimização de propagandas em grande plataformas, como Facebook e Google, por exemplo. 

Além disso, as análises dos hábitos dos compradores geradas por programas com a ajuda da IA permitem aos empresários regular preços e programar promoções e ofertas. 

Com essas poderosas ferramentas de análise estatística é possível descobrir com base em dados quais são os pontos fortes (e fracos) do negócio e abrir os olhos para nichos de mercado que poderiam passar despercebidos caso toda essa informação não fosse analisada. 

4. Recursos humanos 

rh inteligencia artificial

Outra área onde a automatização ganha espaço é a de recursos humanos, onde softwares são usados no gerenciamento de férias, benefícios, desligamentos e turnos de horário de colaboradores. 

Programas que usam inteligência artificial podem auxiliar os profissionais de RH nas diferentes áreas em que atuam: 

Seleção: com a grande quantidade de currículos recebidos para certas vagas, escolher os que melhor encaixam é um desafio. Ferramentas que automatizam o processo facilitam essa tarefa.

Gerenciamento: as dúvidas de um trabalhador novo geralmente se repetem. Com um portal otimizado com inteligência artificial os trabalhadores podem fazer consultas sem ter de contatar diretamente o RH, inclusive apelando a chatbots.

Resultados e treinamento: com a análise dos dados de desempenho dos trabalhadores é possível conhecer os pontos fracos da equipe e desenvolver treinamentos.

Para começar agora

O uso da inteligência artificial nas empresas já é uma realidade, mas especialistas ressaltam que é preciso estar atento às novidades na área, já que as mudanças são constantes. 

O investimento não deve ser uma barreira. Para os pequenos negócios, onde a questão financeira é sempre importante, há opções gratuitas de softwares que integram essa tecnologia às suas funcionalidades. Basta escolher a que melhor se adapta ao tamanho e ao tipo negócio e fazer um teste!