O que é VDI? Conheça os softwares de virtualização de desktops

Publicado em 04/01/2021 por Ankita Singh e Lucca Rossi

Tornar o trabalho remoto mais eficiente para seus funcionários requer transformação tecnológica. Os softwares de virtualização de desktops podem ajudá-lo nesse processo. Saiba como.

o que é vdi

O trabalho remoto, que cresceu durante a pandemia do coronavírus, traz diversas preocupações, como aquelas relacionadas à produtividade dos funcionários e à escolha das ferramentas certas para realizar as tarefas. Mas acima de tudo está a segurança, especialmente se os funcionários usam dispositivos pessoais para trabalhar.

Estudo recente do Capterra com 481 profissionais que trabalham em micro, pequenas e médias empresas (de até 250 funcionários) de diferentes setores de todo o país sobre a transformação digital nas organizações e as prioridades de segurança de TI no ambiente atual mostrou que as ameaças à segurança são um problema real.

Porém, com as ferramentas e tecnologias certas, as empresas podem mitigar tais preocupações sem comprometer a produtividade e a eficiência dos trabalhadores. 

Uma delas é a chamada infraestrutura de desktop virtual (VDI na sigla em inglês). Não sabe o que é VDI? Neste artigo explicamos o que é VDI, como combiná-la com outras ferramentas de TI e como ela pode ajudar o seu negócio.

O que é VDI?

Os softwares de virtualização de desktops são uma combinação de diferentes tecnologias que permitem aos usuários hospedar ambientes de desktop –como sistemas operacionais, programas, ícones, etc.– em um servidor remoto gerenciado de modo centralizado. Esses ambientes de desktop virtuais podem ser acessados pelos usuários a qualquer hora e de qualquer lugar.

Uma maneira de imaginar esse ambiente virtual é pensando em um megacomputador armazenado em um local em que você não pode realmente vê-lo. Esse computador tem uma área de trabalho com um sistema operacional –por exemplo, Windows ou Mac–, dados do seu negócio e programas para gerenciamento de arquivos, softwares de comunicação, sistemas de contabilidade, etc. 

O software VDI clona essa área de trabalho e permite que os usuários a vejam em seus dispositivos pessoais quando se conectam ao megacomputador por acesso remoto.

Existem dois tipos de software VDI:

  • VDI persistente: permite que os usuários entrem individualmente em um mesmo desktop virtual personalizável sempre que se conectarem. Essa opção exige maiores espaços de armazenamento e memória, uma vez que cada arquivo é salvo separadamente para usuários únicos. O desktop persistente é mais caro do que o não persistente. Além disso, é mais recomendado para usuários que precisam de continuidade para seus projetos, como designers de produto, designers gráficos e engenheiros.
  • VDI não persistente: atribui aos usuários uma área de trabalho selecionada aleatoriamente de um grupo de áreas de trabalho cada vez que eles se conectam. Como as alterações que os usuários individuais fazem em seus desktops não são salvas, este tipo de software VDI é mais adequado para trabalhadores que não precisam exatamente do mesmo ambiente todos os dias, exigindo apenas acesso aos dados e aplicativos da empresa, como os agentes de call center, por exemplo.
adicionar-usuários cloudalize software
Inclusão de funcionalidades de usuários no Cloudalize Software (Fonte)

Por que usar um software VDI?

Entre as vantagens de um software VDI, podemos destacar:

Economia de dinheiro em dispositivos e manutenção: você pode investir em menos máquinas e comprar versões limitadas de programas, tudo isso sem deixar de fornecer todas as ferramentas necessárias para que seus funcionários trabalhem adequadamente.

Flexibilidade de dispositivos: com um software VDI, você pode investir em um sistema avançado para seu data center e instalar nele todos os programas de que seus funcionários precisam. Seus funcionários podem usar seus próprios dispositivos para acessar com segurança os desktops virtuais e as funcionalidades dos programas que precisam para realizar suas tarefas, independentemente de onde estejam.

Redução de tempo e esforço de TI: com um software VDI, sua equipe de TI só precisa instalar, corrigir e atualizar programas no data center. Como todos os desktops virtuais replicam o desktop central, em casos de erros ou perda de dados, sua equipe de TI não precisa pesquisar e corrigir arquivos e aplicativos em sistemas individuais.

Segurança do espaço de trabalho: se um funcionário perde seu laptop corporativo contendo dados confidenciais, isso pode significar enormes prejuízos financeiros e de segurança para sua empresa. Os softwares VDI ajudam a minimizar esses riscos de segurança, mantendo os programas e as informações confidenciais protegidos na nuvem e longe do acesso não autorizado por meio de dispositivos pessoais.

4 fatores a ter em mente ao escolher um software VDI

Encontrar a tecnologia certa pode ser estressante, já que se trata de um investimento de longo prazo. Para ajudá-lo, listamos quatro fatores que você deve ter em mente quando for escolher um software VDI para a sua empresa:

1. Saiba o que seus usuários finais precisam: certifique-se do tipo de VDI que você deseja implantar. Por exemplo, funcionários de call center podem trabalhar em desktops virtuais alocados aleatoriamente por meio de um VDI não persistente, enquanto designers gráficos e engenheiros de produto precisam acessar o mesmo desktop todos os dias, ou seja, precisam de um VDI persistente.

2. Avalie a facilidade de uso e a simplicidade do sistema: escolha um software VDI amigável aos gerentes de TI. A equipe de TI precisa ter uma visibilidade completa da tecnologia usada e ser capaz de agilizar as operações sem se cansar em procedimentos complexos sempre que for necessário fazer um upgrade ou atualização.

3. Atente para a segurança: o software escolhido deve oferecer opções de segurança avançadas, como criptografia dinâmica e autenticação multifator. Se você já usa ou planeja usar um software antivírus e um programa de VPN, verifique a compatibilidade deles antes de escolher o software VDI.

4. Execute um teste de provisionamento apropriado: os provedores de software VDI oferecem ferramentas de teste que ajudam a executar uma implantação piloto antes da compra e implementação. Isso garante que você entenda os recursos exigidos por cada desktop virtual e se sua infraestrutura de TI pode lidar com eles. Caso contrário, você pode fazer ajustes antes da implantação real para que os usuários finais tenham acesso ao que realmente precisam.

Busca softwares de virtualização de desktops?  Confira nosso catálogo!

Metodologia e aviso legal

Para reunir os dados do estudo presente neste artigo, o Capterra realizou um levantamento online entre os dias 3 e 4 de abril em que ouviu 481 profissionais que trabalham em micro, pequenas e médias empresas (até 250 funcionários) de diferentes setores de todo o país. Os resultados são representativos da pesquisa, mas não necessariamente da população como um todo.

Apesar deste documento ser destinado a informar nossos clientes sobre o impacto da tecnologia em seus negócios, ele não tem a intenção de fornecer aconselhamento jurídico ou endossar um curso de ação específico.

Os programas selecionados neste artigo são exemplos para mostrar um recurso em contexto, não se tratando de endossos ou recomendações. Eles foram obtidos de fontes consideradas confiáveis no momento da publicação.

Esse artigo pode se referir a produtos, programas ou serviços ainda não disponíveis em seu país, ou pode ter restrições legais ou regulatórias. Sugerimos que você consulte o provedor de software diretamente para informações sobre disponibilidade do produto ou conformidade com as leis locais.