O que é Agile: explicamos a gestão ágil de projetos

Publicado em 15/04/2021 por Andrew Conrad e Lucca Rossi

*Artigo publicado originalmente em 22/10/2019

Saiba o que é Agile

Em 2001, na estação de esqui Snowbird, em Utah (EUA), 17 desenvolvedores se reuniram para discutir métodos leves de desenvolvimento de software e produziram o inovador Manifesto Ágil (Agile Manifesto, em inglês). Quase 20 anos depois, o conceito está em todo lugar, mas você sabe realmente o que é Agile?

A declaração de princípios foi criada para otimizar o processo de desenvolvimento de software, desencorajando práticas ineficientes, como documentação pesada, excesso de reuniões e adesão rígida a processos.

Mas acabou tornando-se um chavão em todos os tipos de negócios, entrando para a seleta lista integrada por outros como “sinergia”, “disruptivo” e o famigerado “pensar fora da caixa”.

Em empresas do mundo inteiro, desde o grupo de diretores aos estagiários, se gabam de quem é mais ágil do que quem. E ainda há mais gente querendo entrar neste clube: de 2017 para cá o investimento em projetos ágeis na América Latina aumentou mais de 30%.

O que é Agile

A primeira —e talvez a mais pura—  definição de gestão de projetos Agile vem do próprio Manifesto Ágil:

  • Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente
  • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano

Porém, é possível interpretar melhor esse resumo e chegar a uma definição mais concisa.

Afinal, o que é a metodologia ágil no gerenciamento de projetos?

O Agile no gerenciamento de projetos é uma metodologia de desenvolvimento iterativa que valoriza a comunicação e o feedback humano, adaptando-se às mudanças e produzindo resultados práticos.

Agora, vamos desmembrar isso.

  • O Agile é iterativo, o que significa que é feito em ciclos curtos de entrega (chamados sprints), com cada sprint construindo e melhorando as lições do sprint anterior. Esses projetos de experimentação são formados por um squad, ou seja, um time multidisciplinar com autonomia e objetivos claros –por exemplo, a melhoria de uma determinada funcionalidade do produto.
  • É aqui que o termo Scrum entra em jogo. E, então, o que é Scrum? A metodologia Scrum é uma estrutura de fluxo de trabalho composta de sprints e revisões usada para promover a gestão de projetos Agile. Além do Scrum, há mais duas técnicas ágeis bastante populares: Kanban e Lean. A primeira inclui o uso de um quadro para visualizar a situação de cada atividade (iniciada, em andamento e finalizada); já a segunda, o Lean, é um método dedicado à eliminação de tudo que não agrega valor e à resolução de problemas.
  • Ao contrário das técnicas acima, que podem ser desmembradas em um processo passo a passo, o Agile é uma abordagem e uma mentalidade. Não é um livro, uma lista de instruções ou uma certificação. Na verdade, tentar transformar o Agile em um modelo preto no branco vai contra tudo o que o Agile é. Seria como tentar dar a alguém o passo a passo de como ser “legal” ou tocar jazz. Entretanto, existem softwares de planejamento de projetos desenvolvidos especificamente para promover a agilidade.
  • A metodologia Agile tem tudo a ver com comunicação eficiente em substituição à documentação, longas conversas de email ou reuniões excessivas. Segundo um dos 12 princípios do Manifesto Ágil, “o método mais eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face”. Se você pode se comunicar com uma conversa de 10 segundos em vez de um email, faça-o. No caso de equipes em home office, o ideal é utilizar softwares de trabalho remoto, como aplicativos de videochamada ou lousas digitais, para promover a comunicação rápida e acelerar o feedback.
  • O Agile é sobre produzir resultados tangíveis e funcionais após cada iteração. De acordo com os 12 princípios: “Software funcionando é a medida primária de progresso”. Comparando a metodologia Agile ao processo editorial, você entrega um rascunho do texto e depois o revisa com base nas sugestões do editor. Você não entrega a peça inteira de uma só vez no dia em que será impressa.

Método ágil: além do clichê

Sabe qual é a grande diferença entre a metodologia Agile e os demais clichês de gestão de projetos do passado? Ela propõe uma abordagem real da gestão de projetos acompanhada de uma definição verdadeira. Não dá para quantificar o “pensamento fora da caixa”, mas é possível aplicar em seus negócios se você souber realmente o que é Agile.

Dados recentes mostram os benefícios da sua aplicação. 

Segundo a auditoria PricewaterhouseCoopers, os projetos ágeis têm uma taxa de sucesso 28% maior do que os tradicionais. A Singer, fabricante de máquinas de costura, foi uma das companhias que identificou o valor da metodologia ágil na prática. Após empregar o Lean em 2020, a empresa registrou não apenas um crescimento de 30%, mas também percebeu que a equipe passou a compartilhar mais entre si.

De acordo com Edson Antonio de Lima, Agile coach da Meta, empresa de tecnologia que já trabalhou com clientes como Globo e Havan, um dos seus principais benefícios para as empresas é o ciclo de aprendizagem rápido que a metodologia proporciona, permitindo que se gaste pouco para validar propostas.

“Embora 70% do esforço das empresas seja para o dia a dia, os 30% utilizados em oportunidades e exploração precisam de um ciclo de aprendizagem rápido”, destaca Lima.

Para Lima, entender o que está por trás do conceito é muito importante na hora da sua aplicação, já que “a maioria das empresas continua tentando comprar o ágil sem tornar-se ágil”.

Ao entender o que a metodologia Agile realmente significa, você também estará melhor equipado para ajudar a implementar práticas ágeis em sua empresa e reconhecer situações que podem ser melhoradas com uma dose de Agile (como cancelar aquela reunião que poderia ter sido um e-mail).

Método ágil está em constante mudança

Lembre-se que o gerenciamento ágil de projetos se baseia na comunicação entre as pessoas e na capacidade de adaptação a mudanças.

Além disso, ele está, por definição, em constante mudança e evolução. Por isso, fique sempre atento às novidades na área.   

Busca ferramentas de gestão de projetos? Confira nosso catálogo!

Esse artigo pode se referir a produtos, programas ou serviços ainda não disponíveis em seu país, ou pode ter restrições legais ou regulatórias. Sugerimos que você consulte o provedor de software diretamente para informações sobre disponibilidade do produto ou conformidade com as leis locais.